quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Onde Comprar Carter's no Brasil

Gente,

Sou mãe de um casalzinho e agora estou grávida de outra princesa. Sim, serei mãe de três. E desde que a primeira nasceu, gosto de usar as roupinhas da Carter's. Na época ganhei uma mala de roupas da Carter's de algumas amigas do meu local de trabalho, uma delas foi viajar e as amigas juntaram alguns dólares e me fizeram essa surpresa. Eu amei ! Desde então, minha primeira opção quando preciso de roupinhas é comprar Carter's.

Primeiro porque a malha dessas roupinhas é de qualidade superior. A criança se esfrega no chão, se suja toda e mesmo depois de lavadinha e passadinha a roupinha continua com carinha de roupinha nova. Não perde a cor nem fica com as golas ou mangas esgarçadas.

Segundo, o custo-benefício. Já fui ao exterior comprar, valeu bastante a pena porque aproveitei um passeio. Mas comprar aqui no Brasil, embora sejam mais caras (compreendo que os vendedores devem pagar frete e impostos para revender essas peças e ter seu lucro) ainda vale a pena se compararmos os preços de peças similiares de qualidade inferior que encontramos em lojas de departamento aqui no Brasil.

Uma loja que tem bastante opções Carter's é a Descoladinhos & Importados (www.descoladinhos.com), estão sempre atualizados oferecendo as mesmas opções que o site da própria Carter's. Outra coisa legal é que vendem outras marcas também e se você quer algo que não encontrou no site deles é só pedir um orçamento. Tenho conhecidas que fez o enxoval completo com eles, nesse esquema de encomenda.

Enquanto eu, já estou paquerando novamente as roupinhas de bebê menina da nova coleção, que estão lindas !


quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Homens precisam passar segurança. Mas não precisa ser forte ou algo assim. Pode ser baixinho, gordinho e com pouco talento em artes marciais. Mas precisa passar segurança ao entrelaçar os dedos na gente como se ali gritasse que tudo vai dar certo. Homens precisam ter um colo paterno, mas saber que não são nossos pais. Homem é um misto de irmão mais velho ciumento, irmão mais novo implicante e primo safado da cidade grande.

Homens têm que chegar no horário e esperar sem reclamar. Esqueça aquela ideia de que mulheres se vestem para outras mulheres olharem. Na verdade, eu demoro horas me arrumando exclusivamente para você. A ideia é que você não olhe para outras mulheres. Homem tem andar do lado de fora da calçada e nos levar em casa sempre. Seja de carro, moto, ônibus, taxi ou a pé. Mas é importante nos levar no portão, assim, por tradição clichê, sabe? As mulheres evoluíram, eu sei. Mas o cavalheirismo não saiu da moda não. E pelo que ando lendo por aí, nunca sairá.

E não confunda cavalheirismo com homossexualidade. Há vários gays mal educados, também. Educação nada tem a ver com orientação sexual. Então, se você abrir a porta do carro, pedir para carregar os pesos e ceder o assento para qualquer mulher ou idoso não te faz um gay assumido. Isso é burrice. Homem tem que ter pegada. Mas não achar que pegada significa arrancar tufos do meu cabelo. Tem que saber apertar meu rabo de cavalo sem tirar nenhum fio dali. Vai por mim, homens que machucam demais na hora da transa não são excelentes bons de cama. Homem tem que ser atencioso, seja para perceber que cortamos dois dedos do cabelo ou para distinguir nossos gemidos de “tente mais um pouco” e de “não para, pelo amor de Deus”.

Não me dê flores, chocolates, ursinhos de pelúcias ou etc. Me dê cartões. Escreva coisas estúpidas e bobas que me farão rir como uma criança. Depois disso, compre flores, chocolates e ursinhos. Você pode me dar um helicóptero todo rosa pink, com minhas iniciais na porta, mas se não tiver um cartãozinho surpresa com teus garranchos, não será a mesma coisa, entende?

Homens não precisam ser um Fred Astaire, mas é importante nos tirar para dançar. Não pela dança, em si, mas pelo ato de nos carregar pela mão pelo salão. Nos exibir por aí como sua maior conquista. Homens que nos amam são ótimos. Mas, melhores ainda são os que têm orgulho de nos amar. Eu não gosto de futebol, mas se você quiser me levar para assistir ao jogo com seus amigos, eu vou gostar, entende? É como te levar para almoçar na casa dos meus avós. Pouco me importa a comida ou algo assim, o que eu quero é te aproximar da minha família e te mostrar aos meus parentes.

Os homens quem leem são mais interessantes. E ser interessante vale mais do que olhos azuis e peitoral malhado. Não seja um chato replicador de frases do Caio Fernando Abreu ou coisa assim. Mas saiba declamar Fernando Pessoa ao pé do meu ouvido como se você mesmo tivesse escrito aqueles versos pensando em mim. É como não saber cantar, mas esforçar-se para cantar aquele refrão bonito dos Los Hermanos e dizer que lembra de mim toda vez que ouve, sabe?

Surpresa sempre são bem-vindas. Seja por um cartão bonitinho ou por aquela trufa de marula que você sabe que sou apaixonada. Entenda que presentes não são o preço que custaram. Como próprio nome já diz, presentes são para fazer presença. Então, cada vez mais que eu fizer presença em tua vida, saberei que faço parte dos teus dias, também.

Em dias nublados, homens têm que sair com casacos mesmo que não esteja sentindo frio. Hormonalmente, mulheres sentem mais frios do que os homens, então o seu casaco extra será importante nesses momentos. Mas não se esqueça de nos abraçar, também. Melhor do que casaco de lã é par de braços perfumados.

Homens precisam ser simpáticos. Mas nada de muito sorrisinho para qualquer vadiazinha em rede social. Nem solícito demais a ex-namoradas. Ter ciúmes é legal. Mas nada em exagero. Implique com meus decotes ou com meus vestidos curtos. Mas como quem cuida, não como quem ordena.

Sorria dos meus ciúmes, mas sem deboche. E me faça sorrir, também. Homens precisam saber nos fazer sorrir – mesmo que não sejam exímios contadores de piada. Mas é de extrema importância nos fazer sorrir. Seja por cócegas, por caretas, por se sujar ao lavar a louça ou por comprar o box de The Big Theory. Mas me faça sorrir. Entendam que a porta do coração das mulheres está nas gargalhadas que ela dá ao seu lado.

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Carter's no Brasil a pronta entrega

Loja virtual com muitas roupinhas lindas importadas a pronta entrega para bebês de 0 a 24 meses. As melhores marcas estão por lá: Carter's, The Children's Place, Baby GAP, Polo Ralph Lauren, Gymboree em muito mais.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Coxsaquiose


Owww... levei a minha tutu pela primeira vez ao pronto socorro. Semana passada ela acordou do soninho da tarde com o corpinho forrado de bolinhas. Como estávamos na casa da minha mãe pensei que fosse uma alergia qualquer, talvez do sabão ou amaciante usado para lavar os lençóis. Esperei pelo próximo dia pra ver se as bolinhas iriam embora. As bolinhas estavam ainda mais aparentes, mas ela continuava a mesma sapeca.

Fomos ao pronto socorro e como a Melissa é bem clarinha, segundo a doutora, a doencinha ficou bem característica: ela tinha coxsaquiose. Nunca tinha ouvido falar, acho que pedi pra pediatra repetir umas cinco vezes esse nome ! Ela explicou que é um vírus, do mesmo jeito que a criança apresenta os sintomas, de repente, a criança melhora.

Os sintomas: bolinhas vermelhas pelo corpo, inclusive palminhas das mãos, plantinha dos pés e dentro da boca. As bolinhas podem incomodar, mas a Melissa não pareceu incomodada. Pode dar febrinha, mas a Melissa também não ficou febril. Ela ficou muito molenguinha, bem sonolenta durante uma tarde toda, fiquei super preocupada, mas a noite ela já estava querendo subir as escadas ! Eu também peguei o tal virus e fiquei bem mal... dor de cabeça, moleza, diarréia e as palmas das minhas mãos também tinham bolinhas. Ficamos as duas jogadinhas. Eu dormindo no sofá e a Melissa dormindo em cima de mim. Mas passou.

Achei importante postar aqui porque eu nunca tinha ouvido falar desse vírus, quando voltei do pronto socorro corri pesquisar sobre e não encontrei nada. Quem sabe eu possa acalmar alguém que tem essa mesma mania que eu... não é nada, uma pequena indisposição e o bebê vai voltar a ficar sapeca. Pode acreditar.